Músculos Intrínsecos da Laringe



Quadro facilitador de estudo
CAP
(cricoaritenóideo posterior)
abdutor
Da região post do anel da cartilagem cricóide até processo muscular da cartilagem aritenóide
Ao contrair gira os processos vocais das aritenóides pra fora > abertura das ppvv na respiração
CAL
(cricoaritenóideo lateral)
adutor
Da região lat do anel da cartilagem cricóide até processo muscular da aritenóide
Ao contrair gira processo vocal das aritenóides p/dentro > adução de 2/3 anteriores da glote (porção membranosa)
AA
(aritenóideos oblíquo e transverso)
adutores
Entre as duas cartilagens aritenóides
Aproxima as bases das cartilagens aritenóides > adução parcial da glote (região posterior)
TA
(tiroaritenóideo – feixe externo)
adutor

Da face interna da cartilagem tiroide até o processo muscular da aritenóide
Ao contrair produz e mantém a firmeza glótica
TA
(feixe interno)
tensor
(músculo vocal)
Da face interna da cartilagem tiroide até o processo vocal da cartilagem aritenóide
Ao contrair encurta as ppvv e aumenta a massa mucosa para vibrar > produz sons graves
CT
(cricotiróideo)
tensor
Tb possui 2 partes inseridas entre cartilagem tireóide e cricóide, anterior e lateralmente
Ao contrair aproxima as 2 cartilagens num movimento de báscula > alonga ppvv; emissão de agudos; reduz massa mucosa
Obs.: o músculo TA tb possui um feixe superior. Sua contração produz o movimento das pregas ventriculares para a parte medial.
Obs²: o feixe externo do TA é rico em fibras bcas que contraem rápido, porém são altamente fatigáveis; importantes na atividade adutora de proteção das vias aéreas. O feixe interno do TA é rico em fibras vermelhas, brancas e mistas, sendo mais resistente; tb chamado de feixe tirovocal ou músculo vocal.

Comentários

Postar um comentário

Por favor, deixe aqui o seu comentário. Obrigada!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Fendas Fusiformes

Ficha de Anamnese e Avaliação de Voz

Disfonias Funcionais